I-D Magazine

FÊNIX MAGAZINE
















Referência visual obrigatória nos anos 90, contemporânea de revistas nicho como a Dazed & Confused e tantas outras, a I-D ainda não tinha conseguido transpor pro online a experiência que ela nos proporcionava no offline. 
Adquirida pela Vice Media, no final de 2012, essa revista bimensal lançou um novo site com outro domínio, que traz uma ambiência perfeita - fresca e intuitiva - pro seu conteúdo sempre tão inspirador. Agora sim, uma I-D deliciosa de se ler (também) na tela do computador. Boa leitura.




texto by Van Mariano

ALICE COLTRANE

Alice Coltrane
A ESTRELA ZEN DO JAZZ








Nascida Alice McLeod, em Detroit, Alice Coltrane foi uma multi-instrumentista (tocava piano, órgão, harpa, percussão, etc.) e sofisticada compositora de jazz. Foi uma das raras harpistas na história desse venerado gênero musical. Cresceu em uma família muito espiritualizada, começando a estudar piano aos 7 anos de idade. Posteriormente, passou a estudar música clássica: Rachmaninoff, Beethoven, Stravinsky e Tschaikowsky. Mas, se sentindo inspirada a "desenvolver a sua própria criatividade, improvisação e expressão", resolveu tocar jazz com sua própria banda. 
Conheceu John Coltrane na década de 60, após sua mudança para Nova York. Casaram-se e tiveram 3 filhos, entre eles o saxofonista Ravi Coltrane.
Nos anos 70, Alice Coltrane converteu- se ao hinduísmo e adotou o nome de Swamini Turiyasangitananda, tornando-se uma devota seguidora do guru indiano Sathya Sai Baba. Criou então o Vedantic Centerorganização sem fins lucrativos, na Califórnia. Um centro espiritual da filosofia védica, onde acontecem retiros espirituais e com uma biblioteca contendo livros sagrados de religiões do mundo todo.
Depois da morte de John, Alice continuou a tocar, indo em direção a uma música mais meditativa. O seu falecimento se deu em 2007, aos 69 anos, devido a uma parada respiratória. Ela se foi, mas deixou um legado inestimável para a música e para o empoderamento feminino - sendo o referencial feminino que foi.





vídeo by Youtube
texto e edição by Van Mariano
fonte Wikipedia Alice Coltrane

Jessica de Ruiter

MENOS É SEMPRE MAIS
Jessica de Ruiter 



































Depois de passar por revistas como WWD, Vogue, W e Teen Vogue, a stylist canadense (radicada em L.A.) Jessica de Ruiter tem colaborado como freelancer para diversas publicações, vestindo de Charlotte Gainsbourg a Robert Pattinson. Mas, além da moda, entre as suas áreas de interesse também figuram o décor, cinema, a arte e gastronomia. 
Ela é mais uma que utiliza cosméticos naturais na sua rotina de beleza, não dispensando os óleos essenciais e a prática de yoga todos os dias. Adotando a filosofia do "less is more"tem trilhado um estilo pessoal bem particular, tanto na forma de se vestir como na maneira de decorar a sua ensolarada residência. 
Jessica acredita que "precisamos de muito menos do que muitas vezes pensamos", por isso segue em busca da qualidade versus quantidade. Com um guarda-roupa muito bem editado, ela prefere peças-chave que sejam funcionais e duradouras. Seguindo essa lógica, criou algumas regrinhas básicas para si, que divide a seguir:

1 . "Menos é sempre mais." - Sendo assim, aposta nas camisetas lisas: branca, preta, marinho, bege e cinza.

2 . "Vista-se para além da urgência da moda." - Os clássicos são eternos, por isso não falham. Ela adora: jaquetas estruturadas; saias-lápis, calças pretas ou brancas.

3 . "Incorpore um pouco de imperfeição." - Jessica é adepta do make "nada" e do cabelo no estilo "natural". 

4 . "Inclua um componente sutil masculino / feminino." - Leia-se camisas masculinas.

5. "A moda deve ser algo que se sente como relevante e atemporal ao mesmo tempo, e é isso que eu procuro quando faço compras a cada estação", ensina.

E uma das suas citações favoritas é uma frase de ninguém menos que a editora de moda Diana Vreeland: "A verdadeira elegância está na mente, se você tem isso, o resto vem".




texto, edição e tradução by Van Mariano
fotos by Martha Stewart, The Coveteur, Garance Doré & Refinery 29  

Clémence Poésy Style

DESCONSTRUINDO
O estilo das francesas







O que torna as nativas da França, mais especificamente, as parisienses, tão interessantes? Figuras charmosas, elas têm um estilo que vem sendo dissecado por editores, jornalistas e escritores. 
A verdade é que existem pontos em comum na estética traduzível dessas mulheres que, não por acaso, pertencem a um país que é referência na moda internacional (hoje e sempre). Elas dominam os códigos do vestir: enquanto nós estamos indo, elas já estão voltando... 
A seguir, a minha leitura dos ingredientes básicos que tornam o estilo despretensioso das francesas tão incensado.
    
Cores neutras, predominando o branco, preto, marinho, cinza e bege;
Formas básicas com bom caimento;
Poucos acessórios e discretos. De preferência, um relógio de qualidade ou uma joia;
Make "natural";
Penteados levemente desalinhados;
Looks hi-low, misturando o caro com o barato;
Boa educação;
Discrição;
Insubordinação às tendências. Afinal, elas estão totalmente aptas a criá-las.



foto by Bloglovin 
texto by Van Mariano

SIMPLICITY by Coco Chanel

SIMPLICITY
By Coco Chanel






"A simplicidade é a tônica de toda elegância verdadeira."
(Coco Chanel)



imagem by Etsy
tradução by Van Mariano

NEW DELI YOGA

NEW DELI YOGA


















  


Cada vez mais o conceito de espaço multiuso se difunde pelo mundo. O New Deli Yoga, em Berlin, transita por essa corrente unindo dois atrativos poderosos: o café e o yoga. A proprietária Maria Koimtzoglou se inspirou, na verdade, em um restaurante que ela conheceu na Índia, que possui uma sala de yoga nos fundos do estabelecimento. 
No New Deli o uso do espaço se delimita por turnos, funcionando durante o dia como um café veggie com saladas, hummus, sopas, tapas, milkshakes naturais, cuscuz, etc. E à noite, ele se transforma num cálido centro de yoga onde são oferecidas as modalidades Vinyasa Flow, Hatha, Kundalini, além de meditação.
 Um lugar que realmente dá vontade de conhecer.  




texto by Van Mariano
fotos by What Should I Eat For Breakfast TodayPink Action & De Groene Meisjes

Joana Preiss

BE SIMPLE







"A simplicidade será, sem dúvida, a ferramenta mais poderosa para expressar maior nível de sofisticação."




foto by Garance Doré
texto by Michele Mariani
edição by Van Mariano

THE BUSINESS OF YOGA

THE BUSINESS OF YOGA
















A professora americana Lauren Eckstrom mostra o passo-a-passo para quem quer ser um professor de yoga ou está iniciando na profissão, através da série dividida em 4 partes, intitulada "The Business Of Yoga". 
De forma clara ela lista tópicos que servem como guia na construção de uma carreira de yogi, unindo estratégias de marketing, gestão e psicologia. Enjoy it.




texto by Van Mariano
fonte by Yoga Travel Tree